22 julho 2022

Baianópolis é a única cidade da região oeste da Bahia que está há quase dois anos sem registrar mortes violentas

Foto: Ascom Notícias / Entrada de Baianópolis

    A cidade de Baianópólis é a única cidade no oeste baiano que está sem registrar mortes violentas há quase um ano (726 dias), segundo dados levantados pelo g1 com a Polícia Civil, e dizem respeito aos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI).

Vídeo Ascom Notícias Baianópolis / Centro da Cidade

    São considerados CVLI os casos que envolvem homicídios dolosos, além de agressões e roubos seguidos de assassinato.

     Entre as 25 cidades, a que registrou assassinato mais recentemente foi Érico Cardoso, em dezembro de 2020. Confira: 

Ausência de mortes violentas

Cidade

Localização

Data da última morte violenta

Dias sem registrar mortes violentas

Rio do Antônio

Sudoeste

20/09/2014

2.862

Botuporã

Sudoeste

04/12/2014

2.7847

Rio de Contas

Sudoeste

22/07/2016

2.192

Lajedo do Tabocal

Sudoeste

08/09/2016

2.143

Caetanos

Sudoeste

17/03/2017

1.954

Malhada de Pedras

Sudoeste

15/07/2017

1.833

Irajuba

Sudoeste

18/09/2017

1.769

Lajedinho

Chapada

20/04/2018

1.555

Anagé

Sudoeste

09/04/2019

1.201

Mirangaba

Norte

19/04/2019

1.190

Contendas do Sincorá

Sudoeste

29/04/2019

1.180

Guajeru

Sudoeste

18/08/2019

1.070

Mirante

Sudoeste

19/11/2019

976

Brotas de Macaúbas

Chapada

01/04/2020

842

Ituaçu

Sudoeste

08/05/2020

805

Barra do Mendes

Chapada

18/07/2020

731

Baianópolis

Oeste

27/07/2020

726

Sebastião Laranjeiras

Sudoeste

25/09/2020

665

Aratuípe

Leste

09/10/2020

652

Caturama

Sudoeste

16/10/2020

644

Itagimirim

Sul

26/10/2020

634

Urandi

Sudoeste

08/11/2020

621

Quijingue

Leste

21/12/2020

579

São Felipe

Leste

21/12/2020

579

Érico Cardoso

Sudoeste

20/12/2020

578

Fonte: Polícia Civil da Bahia

    As cidades baianas sem mortes violentas há pelo menos um ano entraram em evidência depois que Abaíra – que fica na região da Chapada Diamantina –, registrou um homicídio após oito anos sem assassinatos.

    A atuação das polícias Militar do 4º Pelotão da 83ª CIPM, Polícia Civil e Guarda Civil Municipal são imprescindíveis no resultado em ter uma cidade como uma das mais tranquilas do Brasil.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário