23 maio 2022

4ª PARALISAÇÃO: prefeita de Baianópolis OFERECE APENAS 17% aos Professores e categoria decide em Assembleia paralisar atividades


      Na noite de quarta-feira (18/05) a Prefeita de Baianópolis Jandira Xavier enviou ao Coordenador da APLB uma proposta sobre o reajuste salarial dos professores de Baianópolis, segundo posicionamentos, indecente. A Proposta de reajuste de 17% (dezessete por cento) aos profissionais do magistério baianopolense é uma afronta à Lei Federal que concedeu o reajuste de 33,24% (trinta e três, vinte e quatro por cento).

       E, na manhã do dia (20/05) em assembléia a categoria recusou a proposta e decidiu manter as paralisações pela quarta vez. 

     Foi lido na live da sessão da Câmara de Vereadores de hoje (23/05) que nos dias 23, 24 e 25 (Segunda, a quarta-feira) retornam às atividades , e nos dias 26, 27, 30 e 31 de Maio (quinta, sexta, Segunda e Terça Feira respectivamente) ocorrerá novas paralisações, e continuarão até que a gestão decida pagar integralmente o reajuste salarial de 33,24%. 

    Caso a Prefeita repasse o que é de direito integralmente à categoria, ocorrerá nova assembleia para que sejam suspensas as paralisações. 

     A Secretária de Educação não responde às tentativas de esclarecimentos, caso queira pronunciar-se ela tem o contato funcional deste blog para emitir nota a respeito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário