05 maio 2022

Professores Protestam e Paralisam Atividades amanhã pela Defesa do Piso Nacional de 33,24% Não Pagos pela Prefeita de Baianópolis


    Na manhã desta sexta-feira (06/05) Professores da rede municipal de Ensino de Baianópolis paralizam as atividades em todo município como primeiro protesto pela defesa dos direitos do Piso Nacional da categoria. E realizam assembléia e sairá para as ruas para mostrar à população a indignação com a falta de respeito com a educação em Baianópolis. Há uma resistência da gestora em reduzir o índice de pessoal e com isso realizar o pagamento devido à categoria.

    A primeira reunião foi ofertado valor correspondente a 17% (dezessete por cento) de reajuste, não avançaram as negociações porque a categoria não aceitou, em outro momento segundo informações a gestora ofertou 20% (vinte por cento) também não foi aceitado.

   Outros municípios como Cristópolis que é uma cidade vizinha com praticamente mesma quantidade populacional já foi aprovado pela câmara o pagamento total dos 33,24%, enquanto que Baianópolis a Câmara aguarda que seja enviado o projeto para ser aprovado.

    Pela manhã terá assembléia e saída ás ruas, e às 14 horas terá palestra Severiano Alves, ex-Deputado Federal, procurador Federal, criador da emenda constitucional que criou o Piso Salarial dos Professores e Relator da Lei do Piso Salarial.


LEMBRE-SE É AMANHÃ ÀS 08 HORAS NA APLB EM BAIANÓPOLIS E E DEPOIS ÁS 14 HORAS NO MESMO LOCAL. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário