04 abril 2022

Câmara de Vereadores de Baianópolis solicita que seja implantado o piso Nacional dos Profissionais do Magistério para os professores da Rede municipal de Ensino

 

    Um dos assuntos mais comentados sobre a educação de Baianópolis é o atraso no pagamento do piso nacional para os professores baianopolenses. A Câmara de Vereadores de forma unânime aprovou hoje (04/04) a indicação conjunta em nome de todos os vereadores, solicitando que seja implantado o piso Nacional dos Profissionais do Magistério, visto que há respaldo em Lei Federal para que a Prefeita encaminhe projeto à Câmara autorizando o pagamento, e até o presente momento o projeto não chegou à Câmara.

      O piso nacional da categoria é o valor mínimo que deve ser pago aos profesores do magistério público da educação básica, em iníio de carreira, para as jornadas no máximo 40 horas semanais. A Lei nº 11.738 de 2008, que institui o piso, que estabelece que os reajustes devam ocorrer a cada ano em janeiro. 

O governo Federal,  através da Portaria estabeleceu o novo piso salarial dos professores da educação básica, com reajustes de 33,24% 

Fonte/imagem: Câmara de Vereadores de Baianópolis

Nenhum comentário:

Postar um comentário