12 dezembro 2022

VEREADORES DA BASE DA PREFEITA DE BAIANÓPOLIS SOLICITAM E PRESIDENTE DA CÂMARA ADIA VOTAÇÃO DO VETO (ANULAÇÃO) DO PROJETO QUE DARIA AUMENTO DE 10,06% AOS FUNCIONÁRIOS MUNICIPAIS

   Hoje (12/12) na sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Baianópolis, haveria a votação do veto (se aceita ou não a anulação) do Projeto de Lei que tinha sido APROVADO de forma unânime pelos vereadores de Baianópolis na sessão do dia 15 de novembro de 2022.

   A Prefeita de Baianópolis encaminhou para ser apreciado pela Câmara de Vereadores, o VETO (ANULAÇÃO) do projeto que daria o aumento de 10,06% (dez, zero, seis por cento) a todos os funcionários municipais. A proposta desse aumento ocorreu quando os professores reivindicavam o reajuste salarial, porém a gestora afirmava que não poderia dar o aumento pretendido pelos professores, mas daria um aumento de 10,06% a todos os funcionários do município que foi votado e aprovado pela Câmara e encaminhado para sanção do executivo municipal, que não ocorreu até a data de hoje.

Link do vídeo completo: VEJA O VÍDEO COMPLETO


    E agora, com que cara ficaria um vereador que votou pelo aumento dos 10,06% e dias depois vota contra? Segundo informações, a alegação é de que esse aumento ultrapassaria o percentual com gasto de pessoal.

    Os vereadores da base foram pegos de surpresa com esse veto, e pediram ao presidente que fosse adiada a sessão, para ir em busca de informações da Prefeita, que enviou o projeto sem consultar os vereadores de sua base no legislativo municipal. E, ficou acordado que será votado na quinta-feira (15/12) em sessão extraordinária.

    Os vereadores conclamam os funcionários municipais para participar dessa sessão onde seus direitos serão discutidos no referido projeto. 

    Caso a câmara derrube o veto, o aumento terá que ser dado, e se for mantido, a vontade pelo sonhado aumento ficará em promessa de quem sabe quando, disseram os vereadores de oposição à gestora municipal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário