07 dezembro 2021

Agentes de saúde e endemias indignados com prefeita de Baianópolis - QUEREMOS NOSSO DINHEIRO

Agentes de Saúde e Endemias de Baianópolis / Vereadores

Agentes de saúde e endemias indignados com prefeita de Baianópolis - QUEREMOS NOSSO DINHEIRO

     Na manhã dessa segunda-feira (06/12) os agentes de saúde e de endemias do município de Baianópolis, estiveram reunidos na sessão da Câmara de Vereadores de Baianópolis, em que aguardavam a presença do Secretário de Administração e Vice-Prefeito, José Inácio Albéris. O Secretário foi oficializado para prestar esclarecimentos aos agentes de saúde e endemias o porquê de não repassar os cerca de R$ 54.250,00 (Cinquenta e Quatro Mil e Duzentos e Ciquenta Reais) destinados para serem repassados aos agentes, como forma de pagamento de um possível 14º Salário. 

   Segundo Reinaldo Francisco Diamantino, representante dos agentes em saúde, o Secretário disse que poderia levar para justiça se quiser receber os valores que lhes são devidos. Chega ser cômico se não fosse trágico, um gestor de recursos atrasar repasse do que é de direito do servidor público. São 5 anos de perdas desse incentivo, desde 2016. A união credita esses valores na conta da prefeitura e que teria que repassar para nós. 

   O Vereador iMA do João Balbino indignado informa que quaisquer recursos que pertençam aos servidores tem que ser repassado, e estranha a atitude de estar retardando o repasse. O recurso está na conta e porque não repassar? Há algo errado nisso aí, e, o dinheiro do servidor é sagrado, se veio então que se pague.

   A líder do Executivo na Câmara pediu prazo para que oficiem a Prefeita e a Secretária de Saúde para comparecer na próxima sessão para esclarecer sobre esse assunto. 

    A maioria dos vereadores afirmam que é um absurdo um secretário de governo municipal tratar um compromisso como de forma desrespeitosa, que, nem sequer informou o motivo de não ter comparecido à sessão. 

Veja Vídeo de Reinaldo explanando e o 
vereador iMA do João Balbino Cobrando




Nenhum comentário:

Postar um comentário