31 janeiro 2022

Avião operado por produtor rural de LEM cai com passageiros em fazenda do ex-piloto Nelson Piquet no DF

Aeronave estava com cinco pessoas, que não se feriram; 
queda ocorreu na fazenda do ex-piloto Nelson Piquet, no Jardim Botânico no DF


    A aeronave que caiu com cinco pessoas na fazenda do ex-piloto Nelson Piquet, no Jardim Botânico, no Distrito Federal, na manhã desta segunda-feira (31), tem como operador o produtor rural Renato Joner, de Luís Eduardo Magalhães, da Bahia. Alienado em nome do Banco Safra, o avião foi fabricado em 2010 e estava regular nos registros da Anac (Agência Nacional Aviação Civil).

Segundo o Corpo de Bombeiros, passageiros e o piloto foram resgatados sem ferimentos. Havia um bebê de 2 meses a bordo. Informações obtidas pelo R7 revelam que eles seriam amigos de Geraldo Piquet, irmão de Nelson Piquet.


O avião era um monomotor turboélice da fabricante Socata, atual Daher Socata, de origem francesa. De acordo com o RAB (Registro Aeronáutico Brasileiro), a situação de aeronavegabilidade é considerada normal. A aeronave está habilitada para voos noturnos, mas não tinha permissão para realizar o serviço de táxi aéreo. O CVA (Certificado de Verificação de Aeronavegabilidade) está dentro da validade, com vencimento previsto para 22 de setembro deste ano.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto disse que estava pousando a aeronave quando uma rajada de vento lateral em baixa altitude o fez perder o controle e cair. Equipes foram acionadas para averiguar o risco de vazamento de combustível, que foi descartado, informaram os militares.


Fonte:R7 

Nenhum comentário:

Postar um comentário