20 novembro 2021

Ex-prefeito e funcionário da prefeitura no Piauí são presos por receptação e adulteração de veículos; um dos mandados de busca foi em LEM

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), da Polícia Civil, foi o responsável pelas buscas e prisões.

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), da Polícia Civil do Piauí, cumpriu oito mandados de busca e apreensão e prendeu duas pessoas em flagrante na cidade de Curimatá, 750 km de Teresina, nesta sexta-feira (19). Um dos presos é ex-prefeito da cidade, José Arlindo da Silva Filho, o "Zezinho do Tomate". As investigações apuram roubo de carga e receptação na região de Curimatá. 

O g1 tentou, mas não conseguiu contato com a defesa do ex-gestor. José Arlindo foi autuado em flagrante delito por posse irregular de arma de fogo com sinais de adulteração, com ele foram apreendidas uma espingarda calibre 12 e uma pistola 380, além de munições dos citados calibres. 

O ex-gestor já foi preso anteriormente, em 2008 e 2009, por suspeita de participação em um esquema de roubo de cargas. 

Segundo o coordenador do Greco, o delegado Tales Gomes, os mandados de busca foram cumpridos Curimatá, Parnaguá e Luís Eduardo Magalhães-BA e o objetivo da operação era coibir crimes de porte de arma, adulteração e receptação de veículos. 

Além do ex-prefeito da cidade, conhecido como Zezinho do Tomate, um funcionário da prefeitura de Curimatá, identificado como Aristoclides Ribeiro de Carvalho, vulgo Benga, também foi preso suspeito dos crimes de receptação, uso de documento falso e adulteração de veículo automotor. 

Foram apreendidas ainda um carro e um caminhão com restrição de roubo e furto. 

“Em Luís Eduardo Magalhães foram apreendidos documentos falsos que serão analisados a fim de avançar na investigação”, destacou a nota da Polícia Civil. 

O Greco contou com o apoio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais – CORE os mandados foram expedidos pela comarca de Avelino Lopes – PI.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário